Postado por Daniel Brito ● 17 de Junho de 2021 16h31min10s BRT

Trilhas de carreira não lineares: o desenvolvimento profissional

Sala de reunião com empresários

O mundo corporativo sofre diversas transformações ao longo do tempo, portanto, é necessário buscar novas formas de desenvolvimento profissional. Afinal, é fundamental acompanhar as tendências de mercado para construir uma carreira ascendente.

Por isso, quem compreende o melhor caminho para uma vida profissional de sucesso e cria um plano de carreira de acordo com as atuais demandas das empresas, consegue se destacar no mercado de trabalho e alcançar as posições e os salários que tanto almeja.

Sendo assim, continue a leitura e saiba como é um plano de carreira não linear e quais são as melhores dicas para o seu desenvolvimento profissional. Confira agora!

CTA Banner - Profissão Estrategista

Como é um plano de carreira não linear

Com tantas novidades tecnológicas e transformações sociais, é inevitável que as expectativas das empresas e dos profissionais mudem. Por isso, as trilhas de carreira também precisam se modificar para atender às novas exigências.

Dessa forma, verifique, a seguir, quais os tipos de plano de carreira e quais as trilhas que melhor atendem às demandas do mercado de trabalho e proporcionam um maior crescimento profissional.

Plano de carreira linear

O plano de carreira linear parte da premissa de que existe apenas um único caminho para o crescimento profissional. Ou seja, o profissional começa no cargo de estagiário/aprendiz e, depois, de acordo com as suas habilidades e qualificações, conquista cargos mais altos, como analista, coordenador, gerente e diretor.

Por décadas, essa foi a maneira como as organizações se comportaram quanto ao plano de carreira de seus colaboradores. Entretanto, hoje em dia, a trilha de carreira linear é considerada ultrapassada.

Plano de carreira em Y

Devido às inovações e tendências de mercado, a realidade interna das organizações se transformou e profissionais com maior especialização passaram a ser mais requisitados. Por isso, o profissional com alto conhecimento técnico começou a ter mais opções para o seu crescimento dentro da empresa.

Dessa forma, em determinado momento de suas trilhas de carreira, os profissionais mais competentes e qualificados se depararam com um dilema: assumir um cargo de liderança ou permanecer como especialista em sua área de atuação.

Frente a isso, o caminho do sucesso não é mais linear, uma vez que não existe apenas uma única opção para a ascensão. No plano de carreira em Y, o especialista pode escolher se quer direcionar a sua vida profissional para cargos de liderança e gestão ou para atividades de conhecimentos técnicos.

Portanto, no mercado de trabalho atual, existem oportunidades de crescimento profissional para técnicos qualificados que não têm o perfil ou o interesse de assumir cargos de liderança, podendo assumir a posição de especialistas, consultores ou conselheiros, conquistando o mesmo status e salário que aqueles que optam pelo caminho da gestão.

O plano de carreira em Y foi a solução encontrada para evitar que especialistas com alta competência técnica fracassassem ao assumir posições de gestão, pois não tinham ou não queriam desenvolver habilidades de liderança. Ou seja, antes, com a trilha de carreira linear, muitos talentos eram perdidos e alguns profissionais não enxergavam perspectivas de crescimento, porém o plano de carreira em Y surgiu para impedir que esses problemas acontecessem.

Plano de carreira em W

O plano de carreira em W chegou para atender às necessidades dos novos modelos de trabalho, como a gestão ágil e a divisão por projetos. Sendo assim, a carreira em W é uma estratégia que permite que um mesmo colaborador cuide de tarefas específicas da sua área de conhecimento técnico e, também, gerencie uma outra equipe em um projeto diferente.

Por exemplo, um profissional de marketing com especialização em Big Data pode desempenhar a função técnica da sua área de atuação em um projeto e assumir a posição de gestor em outro projeto.

Logo, a carreira em W abrange profissionais que têm tanto competências técnicas quanto de liderança e permite que empresas trabalhem com equipes multidisciplinares. Além disso, a proposta de carreira em W proporciona uma vida profissional com maior mobilidade, autogestão e oportunidades.

Por isso, as trilhas de carreira não lineares são as melhores para atender às demandas e tendências de mercado.

Leia também:

Educação continuada: programe-se para uma carreira sem crise!

Dicas para o seu desenvolvimento profissional

A fim de trilhar um caminho não linear para o seu desenvolvimento profissional e acompanhar as tendências de mercado, conheça as melhores dicas para construir uma carreira ascendente.

Invista em cursos modulares

Sem dúvidas, a melhor dica para um plano de carreira bem-sucedido é investir em educação continuada. Além disso, é importante procurar cursos que proporcionem dinamismo e personalização, como é o caso dos cursos modulares. Afinal, o ensino modular garante que você escolha quais as competências que deseja desenvolver de acordo com o seu momento e foco profissional.

Fique de olho nas tendências de mercado

É muito importante acompanhar as tendências de mercado, afinal, as trilhas de carreira não lineares permitem bastante mobilidade, tanto vertical quanto horizontal, e os profissionais mais atualizados têm acesso às melhores oportunidades. Portanto, busque sempre aprender novas tecnologias e tendências das áreas prioritárias do mundo dos negócios.

Desenvolva competências

Para trilhar os caminhos não lineares de carreira e ter um bom desenvolvimento profissional, é muito importante adquirir competências. Afinal, com a possibilidade de assumir diferentes posições em diferentes projetos, é fundamental que o profissional seja competente para desempenhar uma gama de atividades.

Sendo assim, aposte em um curso de especialização que tenha ênfase em uma aprendizagem baseada em competências, dessa forma, você terá um crescimento profissional dinâmico e personalizado.

Aposte em certificações digitais

As certificações digitais ou badges digitais são um forte diferencial no currículo de qualquer profissional de marketing. Isso porque os badges demonstram as competências específicas do profissional, logo, é fácil identificar quais são as diversas posições que ele pode assumir.

Além disso, pensando em trilhas de carreira não lineares, cada vez mais, as empresas têm contratado pessoas com base em suas competências em vez de suas qualificações.

Portanto, está claro como são as trilhas de carreira não lineares e quais são as melhores dicas para o seu desenvolvimento profissional.

Pretende investir mais na sua carreira? Baixe gratuitamente o ebook "Planejamento de carreira: o guia completo" e saiba como se organizar para alcançar seus objetivos profissionais.
CTA Planejamento de carreira: o guia completo

Tópicos: mercado de trabalho, desenvolvimento profissional

Comentário